Aldeia rural e parque de campismo custam 3M€ em Vila Pouca de Aguiar

Aldeia rural e parque de campismo custam 3M€ em Vila Pouca de Aguiar

Vila Pouca de Aguiar, 17 jul (Lusa) — O projeto turístico que inclui uma aldeia rural e um parque de campismo, a construir em Vila Pouca de Aguiar até 2015, vai custar três milhões de euros, anunciou hoje o município.

O projeto da aldeia rural, que ficará instalado junto à barragem da Falperra, inclui a construção de uma dezena de unidades de alojamento ( bungalows), restaurante e adega típicos, praça para eventos, área de banhos, parque infantil, balneário romano e um espaço museológico.

Este balneário será um espaço de interpretação com ruínas e torre de vigia romana.

Está ainda prevista a construção de uma piscina biológica, com água natural e que se adaptará ao afloramento rochoso de forma a barragem.

O parque de campismo vai estender-se ao longo de 4.000 metros quadrados, com 2.600 metros quadrados de espaço para tendas e caravanas.

Este parque integra ainda edifício de apoio aos campistas, instalações sanitárias e espaços de receção.

O presidente da Câmara de Vila Pouca de Aguiar, Domingos Dias, disse hoje que o município agarrou este projeto porque se reveste de “especial importância” para “atrair turismo” a toda a região e “durante todo o ano”.

Salientou ainda que a aldeia rural vai funcionar “num sistema que se quer autossustentável”.

Domingos Dias frisou que o investimento está vocacionado para atrair famílias, com atividades para as crianças e também para os adultos, com a realização de atividades de animação, feiras e outros eventos culturais.

O projeto da aldeia rural e parque de campismo representa um investimento global de três milhões de euros, comparticipado em 2,4 milhões de euros pela comunidade europeia. A autarquia terá que pagar os restantes 600 mil euros.

A câmara prevê que as obras estejam concluídas em janeiro de 2015.

PLI // JGJ

Lusa/Fim

Link da noticia